Novo livro mostra como contribuir para melhorar segurança pública no país

De Naief Haddad.

Para a Folha de S. Paulo.

Mais de 62 mil brasileiros foram assassinados em 2016, uma marca que consolida o país como campeão mundial de homicídios em números absolutos.

Ações de governos podem tirar o Brasil desta tragédia cotidiana, como se um avião com 170 passageiros caísse todos os dias, sem sobreviventes. Mas não olhe só para o poder público. Todos podem contribuir para a melhora da segurança no país.

Esse é um dos pontos centrais do recém-lançado “Segurança Pública para Virar o Jogo”, livro da diretora-executiva do Instituto Igarapé e colunista da Folha, Ilona Szabó, e da coordenadora do movimento Agora! Melina Risso.

Leia reportagem completa