Impactos

O Instituto Igarapé é um think and do tank – comprometido com a reflexão e a ação. Em 2017, ampliamos nosso trabalho em ambas as frentes. Fizemos “pensar” estimulando o debate público, oferecendo aconselhamento técnico e produzindo pesquisas e publicações de alta qualidade. E também expandimos o nosso “fazer” através da concepção e desenvolvimento de aplicativos digitais e da ação direta junto a governos, entidades privadas e organizações não governamentais. Obtivemos incremento notável em nossa produção e nos resultados colhidos durante o ano.

 

O Instituto intensificou seu potencial de reunir atores-chave em todas as áreas temáticas e sua capacidade de produzir pesquisas baseadas em evidências e orientadas para a ação. Seus diretores foram convidados a ministrar palestras em alguns dos principais fóruns de debates do mundo, e os pesquisadores participaram de uma série de eventos ao longo do ano, continuando a ampliar as redes regionais e globais do Instituto em 2017.

Publicações

Em 2017, redigimos 40 publicações, um aumento de um terço em relação aos lançamentos de 2016. Entre elas, 22 foram Notas e Artigos Estratégicos, Notas Técnicas ou Notas de Homicídios, publicados em três idiomas: português, inglês e espanhol. Outras 18 publicações foram produzidas em colaboração com especialistas e instituições parceiras. As publicações do Igarapé foram baixadas 38.844 vezes em 2017, um aumento de 26% em relação a 2016 (30.800).

 

Se destacaram, tanto nacional como globalmente, as publicações sobre o futuro das operações de manutenção de paz da ONU; a entrada de mulheres na linha de frente das Forças Armadas no Brasil; a participação do Brasil na Missão de Paz da ONU no Haiti (MINUSTAH) e o estado da governança digital brasileira. Pesquisadores do Instituto Igarapé também foram citados milhares de vezes, literalmente, em publicações acadêmicas ao redor do mundo.

Eventos

O perfil nacional e global do Instituto Igarapé se manteve em expansão: membros da equipe participaram de 135 eventos no Brasil e ao redor do mundo em 2017. Nossos pesquisadores deram palestras e tiveram participação destacada em eventos e conferências em 18 países, incluindo Argentina, Bélgica, Canadá, Colômbia, Equador, Honduras, México, Peru, África do Sul, Espanha, Suécia, Suíça, Reino Unido e Estados Unidos. Entre os eventos, destacam-se: TED, reuniões do Fórum Econômico Mundial e das Nações Unidas, consultas e reuniões bilaterais, seminários acadêmicos e conferências internacionais.

 

O Instituto Igarapé continuou pautando debates globais e regionais sobre segurança pública e justiça, com palestras na reunião anual do Fórum Econômico Mundial em Davos, e em suas cúpulas regionais na Argentina e nos Emirados Árabes; apresentações no TED em Vancouver e no TED Global em Nova York; e palestra no Fórum Global sobre Cidades, em Chicago. Também marcamos presença com discursos destacados na Reunião Anual do The Global Future Councils, do Fórum Econômico Mundial, em Dubai; no Congresso Global Sobre Cidades Inteligentes, em Barcelona (Smart City Global Expo Congress); e na Clínica de Segurança Cidadã, em Medellín.

135

eventos

18

países

Mídia

7.647

matérias

107

países

275

veículos no mundo

130

artigos de opinião

Em 2017, o Igarapé teve suas pesquisas, análises e declarações divulgadas em 7.647 matérias publicadas na imprensa de 107 países e territórios, efetivamente duplicando o número apurado em 2016 (3.206). Os pesquisadores do Igarapé redigiram 130 artigos de opinião, reproduzidos em 275 meios de comunicação em todo o mundo. Mais de 1.500 notícias, entrevistas e reportagens foram difundidas na mídia brasileira, e quase 2.500 em veículos internacionais.

 

A co-fundadora e diretora executiva do Instituto, Ilona Szabó, lançou o livro “Drogas: As Histórias que não te contaram”, aclamado nacionalmente. Com eventos de lançamento em várias cidades brasileiras, o livro foi destaque em programas de TV de grande audiência, rendeu diversas entrevistas, reportagens e notas em colunas. Além da atuação de Ilona como comentarista convidada da Globonews, em 2017 ela passou a assinar uma coluna quinzenal na Folha de São Paulo, maior jornal do Brasil, com audiência média de 100 milhões de leitores por mês.

Online

O Instituto Igarapé continuou a expandir seu alcance digital em 2017. A média de visitas mensais ao website do Instituto dobrou. Foram 122.431 sessões, 91.895 visitantes únicos, e um total de 270.395 visualizações de página. O Instituto também duplicou seu mailing, recebendo 5.069 novas subscrições e passando a um total de 10.569 assinantes (em dezembro de 2017). Como isso, o Instituto vem alcançando um público cada vez maior de influenciadores e agentes de mudanças.

 

O Instituto também ampliou a sua presença nas mídias sociais. Nossa página no Facebook agora tem mais de 26.000 seguidores, mais de 10.000 conquistados em 2017, e nossa rede no Twitter também cresceu. Finalmente, além de produzir versões impressas e digitais de muitos dos nossos Artigos Estratégicos, em 2017 começamos a elaborar, desenvolver e lançar relatórios interativos na web, proporcionando uma apresentação mais rica e contextualizada de nossas pesquisas.

270.000

total de visualizações

135.000

assinantes no mailing

Facebook

2017 - 26 mil seguidores0

2016 0