Boletim GPS do Espaço Cívico 4

O fechamento do espaço cívico — esfera entre os negócios, o Estado e a família, onde cidadãos e cidadãs se organizam, debatem e agem para influenciar as políticas públicas e os rumos do país —  continua com intensidade no Brasil. O quarto boletim GPS do Espaço Cívico consolida um ano de monitoramento sistemático do cenário nacional pelo Instituto Igarapé. E registra um expressivo aumento no número de ameaças e ataques ao espaço cívico, durante o período de julho a setembro de 2021: em média, quase seis por dia.

Nesta edição, foram mapeados 522 ameaças e ataques em informações publicadas na imprensa e categorizadas, segundo uma tipologia atualizada para entender as estratégias e táticas utilizadas para atacar o espaço cívico. O boletim também identifica reações em 531 respostas institucionais e 306 ações de resistência da sociedade civil e outros grupos. Foram observadas 63 instâncias em que houve mudanças de posicionamento governamentais.

A tipologia atualiza os critérios definidos no Artigo Estratégico 49 do Instituto Igarapé: “A Ágora sob ataque: uma tipologia para análise do fechamento do espaço cívico no Brasil e no mundo”.

Leia o Boletim 4 Conheça a metodologia

O Instituto Igarapé utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso e, ao continuar navegando, você concorda com essas condições.