Veto à obrigação de máscaras em presídios pode agravar contaminação com retomada de visitas

Publicado em Huffpost Brasil

Com Dandara Tinoco

O veto do presidente Jair Bolsonaro à obrigatoriedade do uso de máscaras em presídios pode agravar a contaminação pelo novo coronavírus também fora das prisões, na avaliação de especialistas. A medida pode reduzir a proteção de servidores e visitantes em um momento de reabertura. O Alto Comissariado da ONU (Organização das Nações Unidas) para os Direitos Humanos deve solicitar informações ao Estado brasileiro sobre violações nos sistema prisional nos próximos dias.

A medida da ONU é uma resposta à carta assinada por 213 organizações apresentada à entidade e à OEA (Organização dos Estados Americanos) em 23 de junho contra a gestão da covid-19 nos presídios brasileiros. O documento denuncia uma série de violações, desde falta de acesso a condições dignas de saúde até barreiras para o desencarceramento, incomunicabilidade, problemas no registro de óbitos e rebeliões.

Leia mais