CPI da Pandemia já!

Publicado na Folha de S. Paulo

Com Ilona Szabó

Populismo pandêmico mata. Em breve chegaremos a 300 mil mortes por Covid-19 –número que sabemos ser subestimado. Os responsáveis por essa tragédia humana precisam ser investigados e punidos agora. Com a cooptação de boa parte do Congresso Nacional pelo presidente da República, o que nos resta por hora é exigir que o presidente do Senado instale a CPI da Pandemia já. Não há como esperar, não há como não gritar. Ele precisa nos ouvir.

Para quem ainda não se deu conta da relação direta entre as ameaças à democracia e a crise sanitária, o segundo colapso do sistema de saúde iniciado em Manaus em janeiro ilustra perfeitamente. A disseminação de informações falsas, o fomento e a incitação da população contra prefeitos e governadores que tentam implementar tardiamente medidas de isolamento social, o incentivo a tratamentos sem respaldo científico e a desinformação sobre as vacinas, já vinham minando a democracia. Passaram também a ter impacto na superlotação de hospitais, na falta de oxigênio e no aumento de mortes.

Os dados indicam que estamos vivendo o pior momento da pandemia, mas o presidente, seus filhos e súditos leais seguem minimizando a pandemia e sabotando medidas de saúde para evitar a disseminação da Covid-19 que os estados tentam implementar.

Enquanto as instituições da República não resolvem acabar de vez com essa matança deliberada de brasileiros e brasileiras, resta a nós, enquanto representantes da sociedade civil, agir. Além de defender as medidas de isolamento, o uso de máscaras e cobrar a ampliação da vacinação e a proteção do nosso espaço cívico e da democracia, vamos nos juntar a campanha CPI da Pandemia Já!​

Leia mais

O Instituto Igarapé utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso e, ao continuar navegando, você concorda com essas condições.