Site map

República Centro-Africana: raízes históricas e causas imediatas do conflito

Dezembro, 2017 

A violência na República Centro-Africana (RCA) é recorrente, envolvendo fatores históricos, tais como a disputa por gado e controle da exploração de diamantes, o descontentamento de minorias e a ausência de um Estado efetivo, desde a época colonial. Essas características interagem com um panorama extremamente dinâmico a partir de 2013, cujas causas imediatas estão relacionadas à rápida fragmentação e reconfiguração de grupos armados ilegais, especialmente a ex-coalizão Seleka e as milícias anti-Balaka, com dimensões sectárias. A combinação desses elementos históricos e contemporâneos leva a um cenário de alta imprevisibilidade e desafios para a Proteção de Civis (PoC) e a sustentação da paz. Também deve ser considerado o impacto das distintas intervenções internacionais nessas dinâmicas da colonização francesa à atual Missão das Nações Unidas no país (MINUSCA).

Este policy brief do Instituto Igarapé apresenta as raízes históricas e as causas imediatas do conflito na República Centro-Africana, a fim de oferecer subsídios para os atores internacionais, nacionais e locais que possam vir a desempenhar um papel relevante na prevenção de conflito no país e, mais amplamente, na região central do continente.

 

Ver PDF