O impacto da percepção de fraude eleitoral na crença do cidadão haitiano na democracia

Burned Ballot in the Haiti electionsa
Novembro, 2015
As eleições presidenciais no Haiti, em outubro de 2015, parecem ter sido marcadas por irregularidades no processo de votação e fraudes na contagem de votos. Os resultados, divulgados pelo Conselho Eleitoral Provisório haitiano no início de novembro, foram contestados e seguidos de vários protestos, novos chamamentos à violência e assassinatos pré-meditados.

Uma equipe do Instituto Igarapé realizou pesquisas domiciliares em 135 seções eleitorais antes e depois das eleições para avaliar a postura dos cidadãos em relação ao processo de votação. As descobertas sugerem a incompatibilidade entre o resultado anunciado e os e as reais preferências de votação declarados pelos entrevistados. Também indicam o impacto negativo da corrupção eleitoral na postura dos cidadãos e na crença na democracia.

 

Texto original em inglês