Felipe Neto é protegido pela Constituição e tem o direito de se manifestar, diz manifesto de 37 entidades em apoio ao youtuber

Publicado na Folha de S.Paulo

Um grupo de 37 entidades divulgou um abaixo-assinado em defesa do youtuber Felipe Neto, após ele ser alvo de fake news que o acusam de incentivar a pedofilia.

Uma montagem de um tuíte falso que atribui ao influenciador a frase “criança é que nem doce, eu como escondido” foi compartilhada desde segunda (27) em redes sociais como o Twitter, o Facebook e o WhatsApp.

“O cidadão Felipe Neto tem o direito, como todos nós temos, de se posicionar. Concordemos ou não com suas manifestações e posições, fato inconteste é que está ele protegido por nossa Constituição Federal”, diz o documento (leia abaixo).

Leia mais