Desastres climáticos e deslocamentos forçados

Publicado em jornal Nexo

Por Lycia Brasil e Carlos Souza Filho

Além de trabalhar para reparar e evitar desastres ambientais, o governo tem o dever de garantir perspectivas de desenvolvimento às pessoas forçadas a se deslocarem por catástrofes como a de Brumadinho.Estamos diante de um momento histórico em que o clima e a natureza serão cada vez mais responsáveis pelo deslocamento humano, seja ele interno ou internacional. Os esforços feitos atualmente são insuficientes para conter as consequências do aquecimento global. A negligência com as normas e os protocolos de segurança relacionados ao meio ambiente produzirão impacto na vida de milhões de pessoas. No Brasil, já é possível perceber essa tendência.

Leia mais