As cidades do pós-pandemia

Ilona Szabo 02

Publicado em Folha de S. Paulo

Por Ilona Szabó

As eleições municipais são um momento crucial para que candidatos, candidatas e eleitorado mostrem que aprenderam as lições da Covid-19 e que estão prontos para repensar sua gestão. As formas de gerir os municípios e as prioridades de suas lideranças serão muito impactadas pelo pós-crise. As relações sociais e o uso do espaço público nas cidades mudaram profundamente desde o início da pandemia. Parte importante dessa nova realidade deve permanecer mesmo quando, enfim, o Brasil tiver superado a devastadora crise sanitária e econômica.

No mundo inteiro, o coronavírus está exigindo a busca por novas soluções urbanísticas. Aqui, o desafio será múltiplo. O lamentável destaque do Brasil no número de casos e de óbitos mostra, até aos mais desatentos, que desigualdade e inabilidade política são questões de vida ou morte. Lidar com o aprofundamento dos nossos abismos é tarefa para ontem. Porém, isso não isenta os eleitos de se juntarem às reflexões mundiais sobre a construção de cidades do futuro. Uma agenda municipal consistente terá de contemplar essas diferentes dimensões.

Leia mais