Youth, Peace and Security: Brazil Revisited

O Brasil não está enfrentando um conflito armado tradicional. Trata-se de uma crise sistêmica de segurança pública. Seus altos níveis de insegurança não se devem a uma única causa, mas a uma combinação de fatores individuais e da sociedade como um todo. Concentração de renda, fragmentação das famílias, acesso limitado à educação de qualidade e a outras oportunidades também pesam nessa balança.
 
Apesar disso, o país também possui esforços notáveis para prevenir e reduzir a violência em nível nacional, estadual e municipal. O Brasil possui um ecossistema rico de programas que visam a promoção da segurança infantil. Apesar de pouco estudado, este panorama é uma oportunidade de aprendizado para o resto do mundo.
 
O seguinte relatório foi realizado para oferecer insights para o Youth, Peace and Security Review. Ele inicia considerando o escopo e escala da violência juvenil. Em seguida, analisa-se seus principais atores. Parte-se então para uma radiografia das causas ocultas do crescimento da insegurança juvenil.
 
O relatório se encerra com uma análise de medidas nacionais, estaduais, municipais e da sociedade civil para prevenir e reduzir a violência.
 
Leia o relatório (em inglês)