Tecnologia por si só não resolve problemas na segurança pública

Publicado em CBN

Por Melina Risso

Câmeras de videomonitoramento com reconhecimento facial e de placa de veículos, por exemplo, estão sendo cada vez mais utilizadas. Melina Risso, do Instituto Igarapé, acredita que as inovações são promissoras e auxiliam políticas públicas, mas ressalta que há limitações e riscos. Ela detalha um estudo que mostra possíveis falhas nos sistemas.