Populismo penal na América Latina (português)

O objetivo deste estudo é utilizar os dados disponíveis para fazer uma avaliação do crescimento, das tendências e da principal causa da rápida expansão da população carcerária na América Latina ao longo do século XXI: o populismo penal. A recente desaceleração da taxa de crescimento desse
contingente não será tratada no estudo devido à falta de evidências conclusivas. É muito cedo para determinar se essa é uma tendência estrutural da série histórica ou se é apenas uma variação aleatória. No entanto, ceteris paribus, fizemos uma projeção da proporção da população carcerária para a região.

Nesse contexto, esta Nota Estratégica busca preencher uma lacuna na literatura ao focar na compilação de dados quantitativos referentes à população carcerária da região, com vistas a dar um panorama amplo, mas necessário, do rápido crescimento e dos desafios para um público abrangente de pesquisadores e profissionais da área ao redor do mundo.

Leia a publicação