Tendências e projeções globais sobre homicídios, 2000 a 2030

Por Carlos J. Vilalta

rsz_1notas_de_homicidios

Há diferenças claras na evolução do homicídio doloso nas diversas regiões do mundo. Embora a taxa de homicídio global tenha alcançado os níveis mais baixos da história, há regiões em que estas taxas não parecem diminuir. Esta Nota de Homicídio explora essas variações regionais, identificando quais países lideram as tendências históricas e atuais. Esta Nota também apresenta projeções sobre a incidência de homicídios para os próximos anos. Conclui que embora as taxas de homicídio estejam decaindo (África, Ásia, Europa e América do Norte) ou mantendo-se estáveis (Oceania), elas continuam aumentando na América Latina. A América Central e o Caribe, especificamente, são os principais responsáveis por esta tendencia ascendente. As projeções mostram que os homicídios podem se tornar eventos raros na maior parte do mundo, ainda que continuem crescendo na América Latina.

VER PDF