No sul global, as cidades formam a última linha de defesa contra a Covid-19

Publicado em Folha de S.Paulo

Por Robert Muggah

Enquanto a primeira onda da pandemia do coronavírus recua na Europa Ocidental, no leste da Ásia e na América do Norte, ela começa a ganhar velocidade na América Latina, na África e no sul da Ásia.

Os países nessas regiões de média e baixa renda manifestam números crescentes de contágios, hospitalizações e óbitos, e é possível que, devido à baixa taxa de testes, esses números sejam ainda maiores.

O impacto da Covid-19 será uma consequência não somente do nível de preparação nacional, mas do preparo de estados e municípios para lidar com a crise. Os próximos passos tomados por cidades no Brasil, na Nigéria e na Índia definirão tanto a saúde de seus cidadãos quanto o futuro de suas economias.

Leia mais