Mulheres Pós 2020: evento debate o que nos espera depois da pandemia

Publicado no UOL

Com Ilona Szabó

Em todo o mundo, já é possível afirmar que as vítimas mais afetadas pelos efeitos diretos e indiretos da pandemia de covid-19 são mulheres. Em maior ou menor escala, de acordo com condições de vulnerabilidade prévias à chegada da covid-19, são elas que mais perdem emprego, recursos, saúde e uma série de possibilidades.

Para pensar os caminhos, políticas públicas e iniciativas necessárias para que mais mulheres possam emergir dessa crise, a cientista política e presidente do Instituto Igarapé, Ilona Szabó, se junta à advogada Paula Tavares, do Banco Mundial, e a Flavia Campos, da Associação de Mulheres de Paraisópolis, criadora do aplicativo Quero Trampo, desenvolvido para ajudar os moradores da comunidade a encontrar empregos na região. Após o debate, o Mulheres Pós 2020 será encerrado com uma entrevista exclusiva com a filósofa italiana Silvia Federici, autora de “Calibã e a Bruxa” (Ed. Elefante) e pioneira ao tratar a invisibilidade e o custo do trabalho doméstico, escancarado pela pandemia.

Leia mais