tv globo

MPF diz que Bolsonaro violou Constituição ao determinar revogação de portarias sobre armas

Publicado em TV Globo | Jornal Hoje

 

Portarias, assinadas pelo Exército, facilitavam rastreamento de armas e munição, foram revogadas pelo Presidente da República. A procuradora regional da República Raquel Branquinho, do Ministério Público Federal, abriu investigação contra Jair Bolsonaro por interferência no Exército, ao decretar a revogação de três portarias do Comando Logístico (Colog) – números 46, 60 e 61, de março de 2020 – que determinavam um maior controle sobre rastreamento, importação e identificação de armas de fogo. Agora, Procuradoria da República vai decidir se abrirá procedimento para investigar a conduta do presidente. A diretora do Instituto Igarapé, Melina Risso, comenta o caso para o Jornal Hoje. Assista:

Assista