Ilona Szabó é nomeada para conselho de assessoria ao secretário-geral da ONU

 

A presidente e cofundadora do Instituto Igarapé Ilona Szabó acaba de ser nomeada para o recém-criado Conselho Consultivo de Alto Nível do Secretário-Geral da ONU, com foco na melhoria da governança de bens públicos globais. Doze líderes ou ex-líderes, autoridades e pesquisadores de destaque global serão os membros do Conselho, no qual Ilona será a única representante latino-americana.

A entidade pretende atuar para tornar mais efetivos acordos multilaterais em uma série de questões globais tais como clima, desenvolvimento sustentável, mudanças climáticas, paz, espaço digital e arquitetura financeira internacional e os interesses das futuras gerações.

As consultas realizadas pela entidade ao redor do mundo vão servir de subsídio durante a Cúpula do Futuro proposta para 2023, inclusive com propostas para o desenvolvimento sustentável após 2030. O Conselho irá atuar com o apoio direto do Centro de Pesquisa Política da Universidade das Nações Unidas em coordenação com o Gabinete Executivo do Secretário-Geral, António Guterres.

“O mundo está enfrentando vários desafios interconectados, desde ameaças à saúde global a tensões geopolíticas, até a transformação digital massiva e aceleração das mudanças climáticas. Precisamos de um sistema multilateral efetivo, que seja mais inclusivo”, analisa Ilona Szabó. “É uma honra fazer parte desta iniciativa que pretende contribuir para a construção de um novo contrato social, maior solidariedade entre gerações, proteção renovada e mais inclusiva dos bens comuns, dos bens públicos globais.”

Entre os representantes também estão Ellen Johnson Sirleaf, ex-presidente da Libéria e primeira mulher escolhida presidente numa eleição democrática no continente africano; Stefan Löfven, primeiro ministro da Suécia entre os anos de 2014 e 2021, líder do Partido Social Democrata da Suécia entre 2012 e 2021; Tharman Shanmugaratnam, ministro de Singapura, e Danilo Türk, presidente da Eslovênia entre os anos de 2007-2012 e atual presidente do Clube de Madri, uma organização que agrega mais de cem ex-presidentes e ex-ministros de países membros da ONU.

Informações para a imprensa:

Renata Rodrigues: press@igarape.org.br

Sobre o Instituto Igarapé: 

O Instituto Igarapé é um think and do tank independente focado nas áreas de segurança pública, climática e digital e suas consequências para a democracia. Seu objetivo é propor soluções e parcerias para desafios globais por meio de pesquisas, novas tecnologias,  comunicação e influência em políticas públicas.O Instituto trabalha com governos, setor privado e sociedade civil para desenhar soluções baseadas em dados. Fomos premiados como a melhor ONG de Direitos Humanos no ano de 2018 e melhor think tank em política social pela Prospect Magazine em 2019.

O Instituto Igarapé utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso e, ao continuar navegando, você concorda com essas condições.

Skip to content