Homicídios de Crianças e Adolescentes no Brasil

Dezembro, 2017

Além de campeão de assassinatos em números absolutos no mundo, o Brasil também apresenta taxas elevadas de violência letal contra crianças e adolescentes. Esta Nota de Homicídios mostrou que houve um aumento exponencial no número absoluto e na taxa de homicídios de crianças e jovens de 1980 a 2014, de 476,4% e 485% respectivamente. A violência, nestes casos, não está homogeneamente distribuída. Há uma concentração de estados com as taxas mais altas no Nordeste, sendo negros e jovens de 16 e 17 anos as principais vítimas, em especial, homens.

Ver o PDF