Diretora do Instituto Igarapé comenta decreto que flexibiliza uso de armas

Publicado em GloboNews e TV Globo

Por Melina Risso

Os novos decretos que alteram as regras sobre o uso de armas de fogo e munições foram usados pela defesa de criminosos condenados e presos no Rio de Janeiro para beneficiá-los na Justiça. Completando um ano do decreto de flexibilização das armas, criminosos que até então estavam presos tiveram a pena revista.

O levantamento feito pelo portal G1 – O Portal de Notícias da Globo apontou que, por exemplo, um acusado de chefiar milícia e um PM flagrado com mais de 3 mil munições tiveram a pena revista. A diretora do Instituto Igarapé, Melina Risso, conversou com jornalistas sobre o tema.

 

Assista - TV Globo

 

Assista - Estúdio I