TED debate resiliência urbana

Visualizar como página web


Instituto Igarapé - a think and do tank

Newsletter nº 9 – Outubro 2017

Foto de prisão brasileira.

TED debate resiliência urbana

Se planejarmos as cidades da maneira certa, pode ser que consigamos sobreviver ao século XXI. São as cidades – e não os países – que precisam desenvolver soluções para alguns dos mais difíceis desafios existentes atualmente em nível global. Desde 2011, o Instituto Igarapé tem ajudado na realização de projetos de pesquisa e no desenvolvimento de novas tecnologias que geram cidades mais seguras e resilientes. Afinal, cidades mais seguras são mais inteligentes. O diretor de pesquisa do Instituto, Robert Muggah, falou no TED Global em Nova York sobre os riscos que as cidades vêm enfrentando e maneiras para reverter o problema.
Em outubro, ele também fez palestras sobre cidades na Singularity University, em São Francisco (EUA), e na Smart Cities Brazil 2017, conferência realizada no Rio de Janeiro. Em novembro, ele fez apresentações em Dubai, discutindo o futuro da urbanização no Encontro Anual de Conselhos Globais sobre o Futuro, do Fórum Econômico Mundial, e na maior conferência do mundo sobre cidades, a Cúpula Global sobre Cidades Inteligentes, em Barcelona.
O Instituto Igarapé trabalha com o tema no Brasil e no resto do mundo para amplificar o poder, a autonomia e as capacidades dos centros urbanos.


Veja o novo TED Global com Robert Muggah (em inglês) →

Igarapé em números

  • O Instituto Igarapé foi mencionado 783 vezes em veículos de mídia ao redor do mundo no mês de outubro. Pesquisas e comentários feitos por membros do Instituto apareceram na BBC, DW, El País, Financial Times e The Economist. Uma das matérias mais impactantes foi publicada pela Business Insider, destacando a fragilidade de cidades em todo o mundo, especialmente na África. Um artigo de O Globo examinou as possíveis consequências da descriminalização das drogas sobre a violência no Brasil, e uma matéria publicada no Nexo explorou o cerceamento dos direitos humanos no país.
  • Pesquisadores do Instituto de Igarapé publicaram 16 artigos de opinião em veículos de mídia nacionais e internacionais no mês. Entre eles, artigos sobre o custo da violência resultante do uso de armas no Brasil, publicado em O Globo; o poder e a capacidade das forças-tarefas do governo federal no combate ao crime organizado, na Iniciativa Global Contra o Crime Organizado Transnacional; o medo da violência entre os latino-americanos, no El País; e o papel fundamental das mulheres na pacificação de Guiné-Bissau, no Pass Blue.
  • O Instituto Igarapé lançou 2 novas publicações em outubro. Um dos relatórios, Salas de Consumo de Drogas, examina o modelo para consumo assistido que está se espalhando por Europa, América do Norte e Oceania. Outro estudo, organizado em parceria com o Centro Conjunto de Treinamento das Operações de Paz do Brasil, aborda o fim da MINUSTAH. O Instituto Igarapé também apoiou a realização do Catálogo de Cidades Seguras de 2017, da Economist Intelligence Unit.
  • Pesquisadores do Instituto participaram de 19 eventos abertos e seminários em outubro. Nessas palestras, falaram para um público total de mais de 15 mil pessoas sobre o livro “Drogas: as histórias que não te contaram”, em Nova Friburgo e Recife. Outro evento, “Caminhos da Democracia” foi realizado na conferência Brasil do Amanhã, no Rio de Janeiro. Adriana Abdenur, fellow do Instituto, também deu uma palestra (“A China do Século XXI: oportunidades para o Brasil”) na Escola de Guerra Naval do Rio.

Rob Muggah apresentando nosso app Cidades Frágeis em Davos.

O Igarapé e o fim da MINUSTAH

A Missão das Nações Unidas para Estabilização do Haiti (MINUSTAH) foi finalizada em outubro deste ano, após 13 anos de duração. Foi a maior operação de apoio à paz já montada pelas Forças Armadas do Brasil.

Desde sua fundação, o Instituto Igarapé acompanhou o processo, com mais de uma dezena de pesquisas e um grande número de relatórios em revistas acadêmicas e veículos especializados. Para marcar o fim da missão, o Igarapé e o Centro Conjunto de Treinamento das Operações de Paz do Brasil organizaram “A participação do Brasil na MINUSTAH (2004-2017)”. O texto foi tema de matérias na Folha de S. Paulo, na Agência Brasil, e nas páginas do Exército Brasileiro e das Nações Unidas. A publicação foi citada pelo Ministro da Defesa, Raul Jungmann.


Leia a publicação na íntegra
Rob Muggah apresentando nosso app Cidades Frágeis em Davos.

Ciclo de eventos em Nova Friburgo (RJ)

A diretora executiva do Instituto, Ilona Szabó, recebeu uma série de homenagens em sua cidade natal. Ela foi convidada para fazer palestras em eventos com a participação de autoridades locais e de jovens, falando sobre inovações em política de drogas e maneiras para tornar as cidades mais seguras. Ilona também realizou o lançamento oficial de seu livro, “Drogas: as histórias que não te contaram”, visitou veículos de imprensa da região e se encontrou com autoridades locais para discutir as prioridades do município em termos de segurança e justiça.

Foto de Cesar Gaviria, ex-presidente da Colômbia.

Instinto de Vida em Pernambuco

A campanha Instinto de Vida, focada na redução de homicídios, foi lançada oficialmente no Recife (PE) em outubro. No lançamento, o Secretário de Segurança Urbana do Recife e outras autoridades públicas do estado de Pernambuco e da cidade de Caruaru assinaram uma carta-compromisso com a meta da campanha, de redução no número de homicídios em 50% nos próximos 10 anos.

Também ocorreram na cidade um evento de lançamento do livro de Ilona Szabó, “Drogas: as histórias que não te contaram”, e debates abertos incluindo a participação do governador e do prefeito. A diretora-executiva do Instituto Igarapé deu entrevistas para o Bom Dia Pernambuco, a CBN Recife, Jornal do Commercio e o Diário de Pernambuco.


Fotos dos eventos em Recife
Foto de Cesar Gaviria, ex-presidente da Colômbia.

América Latina em foco

Mais de dois terços dos latino-americanos vão às urnas nos próximos 24 meses. Por um lado, é o triunfo da democracia, mas, por outro, há um grande nível de incerteza quanto ao rumo que as eleições darão. O diretor de pesquisa do Instituto de Igarapé, Robert Muggah, e Brian Winter, da Americas Quarterly, publicaram um artigo sobre o assunto na Foreign Policy: “Is Populism Making a Comeback in Latin America?”, republicado em espanhol e português. No The Conversation, Robert escreveu um texto lido por milhares de pessoas sobre o crescimento do protestantismo evangélico e os ataques a religiões afro-brasileiras.

Participações em eventos

  • No dia 7 de novembro, o pesquisador Nathan Thompson falou sobre a cooperação do Brasil no campo da defesa e políticas de defesa comercial na Foreign Area Officer (FAO) Regional Sustainment Initiative, em Washington D.C. (EUA).
  • A pesquisadora Adriana Abdenur está na República da Guiné-Bissau, para a realização de pesquisa para o projeto de mapeamento da prevenção de conflitos. Veja algumas publicações do projeto.
  • A pesquisadora Katherine Aguirre apresentou inovações em visualização de dados na I Jornadas Latinoamericanas sobre Criminología y Seguridad Ciudadana, na Argentina.
  • Entre os dias 11 e 13 de novembro, Robert Muggah participou como palestrante do Encontro Anual de Conselhos Globais sobre o Futuro, do Fórum Econômico Mundial, em Dubai.
  • No dia 15 de novembro, Robert Muggah foi um dos três palestrantes da Smart City Expo World Congress, em Barcelona, incluindo a participação de 700 cidades e 16.000 pessoas.
  • Entre os dias 23 e 25 de novembro, o Instituto Igarapé realiza – juntamente com a Mosaico e Zoom – o Hackathon #CidadesSeguras, parte da programação para o ColaborAmerica2017.
  • Ainda no ColaborAmerica2017, a pesquisadora Ana Paula Pellegrino participa do debate “A guerra que é a guerra às drogas”, que acontece em 23 de novembro.
  • Entre os dias 27 e 29 de novembro, Renata Giannini irá lançar “Situações Extraordinárias: a entrada de mulheres na linha de frente das Forças Armadas brasileiras” na Colômbia.
  • Entre os dias 30 de novembro e 2 de dezembro, Robert Muggah palestrará na Clínica de Convivencia y Seguridad Ciudadana, em um evento patrocinado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento, em Bogotá.
  • Entre os dias 4 e 6 de dezembro, a pesquisadora Adriana Abdenur e o desenvolvedor Bruno Siqueira darão um workshop sobre inovações no campo da prevenção de conflitos no Build Peace 2017 Forum, na Colômbia..

Apoie o Instituto Igarapé

Change language preferences / Alterar preferência de idioma

Enviado por Instituto Igarapé

Rua Miranda Valverde, 64, Botafogo, Rio de Janeiro. RJ – Brasil – 22281-000

Se deseja não receber mais mensagens como esta, descadastre-se.