Site map

A State of insecurity: the case of Rio de Janeiro

Novembro, 2017

Publicado em Cadernos de Campo, edição 22.

A situação de segurança pública do Brasil é volátil, incerta, complexa e ambígua. As taxas excessivamente altas de crimes violentos do país são produto de fraquezas institucionais estruturais no setor de justiça criminal e agravadas por crises políticas e econômicas de rotina. O Rio de Janeiro é particularmente vulnerável a surtos de violência criminal devido a falhas na governança e corrupção sistêmica, juntamente com a concorrência entre facções de drogas territoriais e desigualdades socioeconômicas acentuadas. O estado e a região metropolitana do Rio de Janeiro sofreram uma dramática deterioração da segurança desde 2016 e a situação provavelmente se agravará no futuro previsível. É improvável que o retorno das forças armadas às ruas do Rio de Janeiro afete positivamente a situação de fraqueza institucional crônica. Este artigo considera o estado de insegurança no Rio de Janeiro, destacando as tendências oficiais no predomínio do crime e a dinâmica da governança criminal.

Ver PDF (em inglês)