Redes sociais se tornaram ‘o quinto poder no Brasil’, diz especialista

Por Luis Barrucho

Para a BBC

A decisão de o ministro da Justiça, Sérgio Moro, de revogar a nomeação de Ilona Szabó para o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária é mais uma indicação de que “as redes sociais se tornaram o quinto poder da política no Brasil”.

A opinião é de Marco Aurélio Ruediger, diretor de Análise de Políticas Públicas na Fundação Getúlio Vargas. Doutor em Sociologia e mestre em Gestão e Análise Política Pública, Ruediger comanda uma equipe formada por economistas, sociólogos, cientistas políticos, designers e analistas de políticas públicas responsáveis por pesquisas sobre a modernização das estruturas do Estado, e-Democracia, sociedade em rede e outros temas-chave da agenda política, como protestos sociais, segurança pública e imigração.

Leia a matéria completa