Qual a relação entre conflitos armados e mudanças climáticas

Publicado no Nexo

Com Robert Muggah

Onze anos antes da eclosão dos protestos sociais que desembocaram na guerra da Síria em 2011, uma seca devastadora destruiu 85% da agricultura local. O fenômeno climático extremo é ignorado na maior parte das explicações sobre o conflito sírio, mas, para o canadense Robert Muggah, diretor do Instituto Igarapé, os dois eventos são indissociáveis, e ilustram como as mudanças climáticas se relacionam com os conflitos.

Nesta entrevista, concedida ao Nexo por escrito, na quinta-feira (4), Muggah diz que “as mudanças climáticas já estão criando as condições para o início de novos conflitos, estão intensificando os conflitos existentes e estão reacendendo antigos conflitos.

Leia mais