Proteger a democracia

Logo-banner-coluna-folha-fsp

Publicado na Folha de S.Paulo

Por Ilona Szabó

Quando a eleição presidencial de 2018 foi confirmada, defini com minha equipe três prioridades temáticas antevendo o que aconteceria quando as promessas de campanha começassem a virar realidade. A partir do nosso limitado papel enquanto organização da sociedade civil, faríamos o que estivesse a nosso alcance para salvar a legislação de controle de armas, garantir o papel constitucional das polícias e combater o crime ambiental na Amazônia.

E, como Bolsonaro sempre deixou claro que lideranças cívicas e organizações como a nossa seriam atacadas de múltiplas formas, incluímos uma prioridade condicionante para todas as outras: proteger o espaço cívico, a esfera pública onde cidadãos se organizam, debatem e agem para influenciar a opinião e as políticas públicas. Portanto, não fomos pegos de surpresa.

 

Leia mais