Organizações e movimentos da sociedade civil propõem um Pacto pela Democracia

Site diapelademocracia.org reúne informações sobre ato programado para o dia 22 de abril e convoca pessoas e movimentos a participarem do Pacto pela Democracia

Plataforma propõe compromisso com valores democráticos, ação por eleições limpas e com engajamento da sociedade  e realização de reforma política ampla na sequência delas

 

Em resposta à crescente erosão do espaço democrático no país e à expansão da fragmentação, da intolerância e da violência na esfera pública, um grupo plural de organizações e movimentos da sociedade civil propõe um Pacto pela Democracia, uma plataforma de ação conjunta em defesa da construção democrática no Brasil.

O chamado é coordenado por organizações como Instituto Ethos, Cidade Democrática, Novo Congresso é Possível, Atletas pelo Brasil, Bancada Ativista, Instituto Sou da Paz, Movimento Transparência Partidária, Instituto Igarapé, Instituto Update, Acredito, Agora, Fórum do Amanhã, Nossas, Ocupa Política, RAPS, Rede Nossa São Paulo, Transparência Internacional, entre outros.

Na plataforma, as organizações reafirmam valores democráticos, como diálogo, ética, tolerância e respeito às diferenças. Pactuam por práticas eleitorais que garantam eleições limpas em outubro deste ano, com ampla participação popular para refazer as bases de confiança e legitimidade do ambiente político. E propõe a realização de uma ampla reforma política após as eleições, como caminho para vencer a crise política de forma estrutural e aprofundando a democracia.

O documento será lançado no Dia pela Democracia – ato programado para 22 de abril (domingo), a partir das 10h, na Avenida Paulista, em São Paulo. A proposta é que os movimentos conversem diretamente com as pessoas, contando o que fazem e partilhando a mensagem comum pela preservação e recuperação das instituições democráticas.

Disponível no site www.diapelademocracia.org, a plataforma apresenta também um convite aberto para que todas e todos se manifestem em defesa do regime democrático no país. Interessados podem organizar um Dia pela Democracia em outras cidades, ocupando ruas, praças e parques.

“O Brasil vive um momento decisivo. Poucas vezes estivemos tão divididos sobre o futuro. Poucas vezes foi tão difícil afirmar o pluralismo, a tolerância e o convívio com a diferença no espaço público. Vencer momentos assim, pela via democrática, é sempre um desafio para qualquer sociedade, e requer de nós confiança, ação conjunta e capacidade de diálogo”, dizem as organizações no texto que apresenta a iniciativa.  

Em outro trecho, afirmam que “é preciso preservar os valores e princípios da Constituição Federal, do Estado de Direito e da arena democrática conquistados pela ação conjunta de tantos e tantas antes de nós”.

E concluem que é preciso “recuperar o horizonte comum de uma sociedade livre, dinâmica e solidária, com igualdade de direitos, liberdades e oportunidades para todos, onde seja reconhecido o valor e força da nossa diversidade e pluralidade, e superadas por inteiro todas as formas de discriminação, violência e autoritarismo”.


Saiba mais em www.diapelademocracia.org.