‘O clima pode acirrar violência e criminalidade’, diz Adriana Abdenur, especialista em segurança

Adriana Abdenur

Publicado no Globo

Além de solos rachados, a seca pode fomentar guerras. Nas cidades, a precária geração de energia está por trás do aumento da criminalidade. Nas políticas públicas, a ignorância sobre o aumento do nível do mar põe em risco a integridade de bases navais e cidades litorâneas. Na ONU , o debate sobre clima aumenta os temores de nações emergentes sobre militarização das potências mundiais.

Essas transformações são exploradas no relatório “Clima e segurança na América Latina e Caribe”, lançado na Conferência do Clima ( COP-25 ), em Madri, pelo Instituto Igarapé e pelo Instituto Clima e Sociedade.

Coordenadora da Área de Paz e Segurança Internacional do Igarapé, Adriana Abdenur, organizadora do relatório, afirma que o brasileiro não tem ideia do impacto da insegurança climática, tema pouco abordado na mídia e rejeitado até pelo governo federal.

Leia mais