Minority Report: dá para prever crimes e criminosos, mas dá para confiar?

Publicado em UOL

Por Robert Muggah

A matemática é simples: os algoritmos tomam decisões a partir de um banco de dados. Mas esse banco de dados traz distorções, então os resultados também serão distorcidos.

“Plataformas de predição de crimes devem vir com um aviso de cuidado.

Para começar, elas só são tão boas quanto os dados que as alimentam” – Robert Muggah.

 

Uma pesquisa feita pelo AI Now Institute, instituição que monitora o impacto da inteligência artificial em diversas áreas da sociedade, mostrou que entre 13 jurisdições americanas que usavam plataformas de predição estudadas, nove o faziam a partir de bancos de dados problemáticos.

Leia mais