Matar não pode ser apresentado como alternativa de política de segurança pública

Publicado em CBN

Números do Instituto de Segurança Pública divulgados nesta terça-feira revelaram que 2019 foi o ano em que o estado do Rio teve o menor número de homicídios dolosos desde 1991, quando começou a série histórica do crime. Foram 3.995 vítimas.  Das cinco áreas que tiveram a maior redução nos índices, apenas duas estão na capital —  a referente ao batalhão de Santa Cruz (redução de 99 para 46 casos), na Zona Oeste do Rio, e a de Botafogo (diminuição de 21 para 11 casos), na Zona Sul da cidade, onde está localizada a favela Santa Marta. As outras três áreas são a do batalhão de Resende e Angra dos Reis, ambos no interior do estado, e de Queimados, na Baixada Fluminense.