Cooperação é essencial para sobreviver a futuro distópico, diz autor

Por Robert Muggah

Para a Folha de S.Paulo

O futuro parece mais ameaçador e tenebroso do que nunca. A sensação de melancolia está cada vez mais enraizada, especialmente no Ocidente. As manchetes diárias não ajudam.

Somos informados de que as tensões entre EUA, Coreia do Norte, Irã, Rússia ou China podem deflagrar um conflito de proporções globais, ou que a ascensão da inteligência artificial eliminará a maiori dos postos de trabalho e, potencialmente, toda a humanidade.

Testemunhamos como as redes sociais despertam o divisionismo social e comprometem a democracia liberal. E somos lembrados, quase a todo instante, de que as mudanças climáticas podem nos conduzir para a extinção em massa.

Leia mais