citizen security in Latin America Factas and Figures

Citizen Security in Latin America: Facts and Figures

citizen security in Latin America Factas and Figures

Muitos países, estados e cidades latino-americanos estão enfrentando crises crônicas de segurança pública. Mesmo com mais de uma década de modesto crescimento econômico, as taxas de criminalidade de vitimização continuam crescendo.

 

Mesmo assim, informações de 2017 mostram alguns sinais de melhora. A violência criminosa é uma das maiores preocupações de cidadãos desde o México, passando pelas Américas Central e do Sul. E há sinais preocupantes de que as altas taxas de violência criminosa e vitimização continuarão crescendo se nada for feito para mudar este cenário.

 

As prioridades e abordagens latino-americanas à questão da segurança pública têm mudado nas duas últimas décadas, com crescente atenção à segurança cidadã. Ao contrário das abordagens tradicionais para combater o crime, a segurança cidadã privilegia um conceito mais completo e focado em pessoas. Ela inclui estratégias de policiamento orientadas por dados, maneiras mais inteligentes de justiça criminal, alternativas ao encarceramento e investimentos em prevenções primárias, secundárias e terciárias.

 

Este relatório define os desafios latino-americanos quanto à criminalidade e explora inovações na promoção de segurança pública e segurança cidadã. Ele também destaca a heterogeneidade do ambiente da segurança da América Latina, incluindo as diferenças entre as regiões, países, estados e cidades.

 

Juntas, as diferentes partes deste relatório oferecem uma avaliação descritiva do âmbito e escala dos desafios e oportunidades para que o CAF possa auxiliar seus parceiros em seus esforços de prevenir e reduzir a criminalidade e melhorar a segurança para todos os latino-americanos.

 

Leia o relatório (em inglês)

Na mídia: