Cinco casos de violência contra a mulher foram registrados por dia em 2020, indica pesquisa em cinco estados

Publicado no Globo

— Um levantamento inédito feito pelo boletim “A dor e a luta: números do feminicídio”, lançado nesta quinta-feira, mostra que foram registrados, em média, cinco casos por dia de violência contra mulheres nos estados da Bahia, Ceará, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo, em 2020. Ao todo, o estudo, realizado pela Rede de Observatórios da Segurança, monitorou 1.823 casos.

A metodologia utilizada para a pesquisa foram reportagens de veículos de imprensa, inclusive não profissionais. O Rio de Janeiro registrou 318 casos de feminicídio e de violência contra a mulher, sendo o segundo, entre os cinco estados, onde houve mais agressões a mulheres, ficando atrás apenas de São Paulo, apontou o boletim.

O isolamento social foi um fator que agravou os índices de feminicídio no ano passado. Na Bahia, logo após ser decretada a quarentena, os casos de feminicídio aumentaram e ocorreu um pico de 11 casos no mês de maio. No ano passado, a plataforma EVA, do Instituto Igarapé, já havia identificado que, entre março e junho de 2020, houve um aumento de 16% no número de feminicídios no Brasil, em comparação a igual período do ano anterior.

Leia mais

O Instituto Igarapé utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e nossos Termos de uso e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.