Ataque hacker que atingiu Microsoft e setor militar dos EUA destrói ilusão de segurança na rede

Publicado na Folha de S.Paulo

Por Robert Muggah

Enquanto a pandemia de Covid-19 se espalhava pelo mundo, outro vírus misterioso e com efeitos devastadores de longo prazo também se multiplicava despercebido pelo planeta.

Em algum momento entre o final de 2019 e início de 2020, um grupo de hackers experientes inseriu um malware (vírus criado para danificar dados e roubar informações) em aplicativos de rede fornecidos pela SolarWinds, fabricante de softwares de infraestrutura de TI com sede no Texas. A decisão de focar a SolarWinds foi estratégica, dada a vasta clientela da empresa nos Estados Unidos e no mundo.

Leia mais

O Instituto Igarapé utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso e, ao continuar navegando, você concorda com essas condições.