Armamentista será relator no Senado de projeto que susta atos de Bolsonaro para flexibilizar compra de armas

Publicado no Globo

Com Michele dos Ramos

BRASÍLIA – O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), colocou o senador armamentista Marcos do Val (Podemos-ES) para relatar quatro projetos apresentados pelo PT que tentam sustar decretos assinados pelo presidente Jair Bolsonaro que flexibilizam as regras para a aquisição de armas no país. A votação dos decretos está prevista para ocorrer nesta quinta-feira, mas Marcos Do Val disse ao GLOBO que vai pedir a Pacheco que os retire de pauta por considerar que o momento não é adequado em função da pandemia da Covid-19. Se não forem derrubados, as novas regras passam a valer a partir da próxima segunda-feira (12).

Para a assessora especial do Instituto Igarapé, Michele dos Ramos, a entrada em vigor dos decretos representaria um retrocesso social grande e perigoso, especialmente, por conta da epidemia de Covid-19.

— Em um momento como esse, em que temos perdido tantas vidas para a Covid-19, não faz sentido que medidas que aumentem a quantidade de armas na sociedade comecem a vigorar. É importante que ou o STF ou o Senado deem uma resposta definitiva sobre isso antes que os decretos entrem em vigor — afirmou.

Leia mais

O Instituto Igarapé utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso e, ao continuar navegando, você concorda com essas condições.