A promoção da paz no contexto pós-2015: o papel das potências emergentes

 

Fevereiro, 2013

 

No mundo atual, multipolar por excelência, um número cada vez maior de atores tem se envolvido com a elaboração da agenda global de desenvolvimento. Além dos mecanismos de doadores mais tradicionais, como os países afiliados à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), há também potências emergentes com diferentes perspectivas que exercem uma influência cada vez maior nas relações internacionais. Neste sentido, países como África do Sul, Brasil, China, Índia e Turquia terão papeis centrais na articulação e elaboração de um arcabouço de desenvolvimento mais efetivo para as próximas décadas.

VER PDF