A batalha pela cannabis medicinal

Logo-banner-coluna-folha-fsp

Por Ilona Szabó

Publicado na Folha de S.Paulo

Todos os anos, na semana do dia 26 de junho, criado pela ONU em 1987 como Dia Internacional sobre Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas, circula nas redes um irônico meme que parabeniza as drogas por vencerem, por mais um ano, a guerra às drogas.

A provocação traduz para a linguagem da internet o que especialistas afirmam há décadas: essa guerra realmente fracassou. Ela deixa um rastro de violência que atinge desproporcionalmente pessoas negras e pobres, sobrecarrega o sistema de Justiça criminal, direciona a atenção policial para uma repressão pouco qualificada e falha no objetivo principal da política de drogas: a proteção e o bem-estar das pessoas.

Leia o artigo

O Instituto Igarapé utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e nossos Termos de Uso e, ao continuar navegando, você concorda com essas condições.

Skip to content