Balanço preliminar da regulação de armas e munições no Brasil

O Instituto Igarapé e o Instituto Sou da Paz mostram as principais mudanças que ocorreram um ano depois do primeiro decreto presidencial sobre a regulação de armas e munições no país. A publicação busca sistematizar e explicar à população como era a regulamentação antes de 2019 e quais foram as medidas adotadas pelo atual governo que ampliam o número de armas em circulação e enfraquecem o controle e a fiscalização em vez de aprimorá-los.

 

veja o balanço preliminar

 

veja a tabela comparativa