A diáspora criminal

 

Novembro, 2013

 

A expansão do crime organizado transnacional é o principal desafio para a segurança dos países da América Latina e do Caribe. As facções criminosas têm conseguido expandir sua presença para além dos seus países de origem em busca de novos refúgios.

As respostas dadas pelos governos, especialmente aqueles que privilegiaram o uso da força, ao invés de conter a criminalidade, têm funcionado como agente potencializador de sua propagação para novos territórios. Este documento procura compreender a dinâmica do crime organizado transnacional e a forma como as mudanças nas tendências regionais têm impacto nas situações nacionais e locais – e vice-versa.

VER PDF

O Instituto Igarapé utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Política de Privacidade e nossos Termos de uso e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.