Mariana Rondon

Mariana Rondon é graduada, especialista e mestre em Relações Internacionais (UERJ). Em 2001, iniciou sua carreira profissional na Coordenadoria de Assuntos Internacionais do Governo do Estado do Rio de Janeiro, com foco de atuação em cooperação internacional.

Em 2005, ingressou nas Nações Unidas, onde permaneceu por dez anos, tendo trabalhado no UN-Habitat (United Nations Human Settlements Programme), UNICEF (United Nations Children’s Fund) e UNDSS (United Nations Department of Safety and Security), ocupando distintas posições.

Trabalhou como pesquisadora do Escritório Regional para América Latina e Caribe do UN-Habitat entre 2005 e 2007. Em 2007, no UNICEF, desenvolveu atividades relacionadas à gestão programática e financeira dos projetos e à mobilização de recursos e parcerias. Entre 2010 e 2014, exerceu funções no UNDSS, participando da organização da Conferência Rio+20 e atuando no gerenciamento de riscos dos projetos e das missões da ONU no Brasil.

Em 2015 e 2016, coordenou o Programa de Dignitários Internacionais dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, responsável pela participação dos Chefes de Estado, Chefes de Governo, membros da Família Real e Ministros do Esporte estrangeiros nos Jogos Rio 2016.

Recentemente, atuou como Secretaria-Executiva Nacional do Movimento pela Base, grupo de especialistas em educação estabelecido em 2013 para apoiar a construção e a implementação da Base Nacional Comum Curricular no Brasil, responsável pelo desenvolvimento de atividades de advocacy, elaboração de análises críticas e benchmarking.

Em 2017, gerenciou o Programa de Segurança Pública e Justiça Criminal do Instituto Igarapé e atualmente coordena a área de Desenvolvimento Institucional.